Acho que estou vivendo o momento mais clichê da minha vida. “Paula, você só vai saber quando for mãe.” É, tô sabendo. “Sua vida nunca mais será a mesma, mudará da água para o vinho.” Verdade verdadeira. “Você não vai saber mais o que é dormir direito, tomar um banho decente ou comer com calma. Que dirá fazer uma unha.” Uhum! Agora, o clichê mais real de todos os tempos é esse: “Aproveita muito sua bebê, porque passa rápido!

Quem nos acompanha no Instagram (já nos segue lá?), sabe que tive um baby blues terrível no primeiro mês e meio de vida da Clara. Me comprometo a escrever um post sobre isso, mas me lembro que achava que aquela fase da Clara não ia passar nunca. Ficava doida pra ver ela maior, mais independente. Passado esse período horrendo de hormônios que tomaram conta do meu psiquê, hoje tô é chorando de ver como minha bebezinha de 5 meses está durinha, sentando, ficando longos segundos de pé. Aquela carinha inchada de bebê recém nascida já se foi e sua vida tá acontecendo. Ela ainda é muito frágil, dependente da mamãe, mas não é mais como antes.

Minha irmã me disse algo muito precioso nos primeiros dias de vida da Clara, quando me viu tomar cuidado ao beijá-la, serrando a boca para evitar “passar micróbios”: “Você e Daniel são os pais da Clara, portanto são os únicos que podem encher ela de muuuitos beijos. Beija mesmo! Mas, beija muito. Porque passa.” Desde então, devo ser a mãe que mais beija a cria, haha. Sério, deve ser lá uns 15 mil beijos por dia. A Clara já sabe que é amada. Já virou um hábito. Ao acordar, ela abre aquele sorrisão banguela, no qual se lê: “Bom dia, mamãe!” e se chamega toda para eu cobri-la de muitos beijinhos. Ela vira o pescocinho e fica ali, quietinha, esperando as bitoquinhas. Daí, ela se volta para mim, estica os bracinhos e faz carinho no meu rosto e nos meus cabelos. É muito amor, gente!

paula mothers day dia das maes clara 2 meses inspire mom and kids

paula mothers day dia das maes clara 2 meses inspire mom and kids 2

paula mothers day dia das maes clara 2 meses inspire mom and kids 1

Clarinha com 2 meses e eu ainda de cabelón longo!

Por isso, quero começar essa semana do Dia das Mães encorajando você, mamãe de primeira viagem ou mega experiente: acarinhe muito seu (ou seus) filhote(s)! Abrace, beije (só se for muito), elogie, estimule, brinque, passe um tempo real de qualidade. Criar com apego é criar com amor.

Tudo isso é muito novo e muito emocionante pra mim, o experimentar todas as primeiras descobertas da Clara. O primeiro sorriso espontâneo, a primeira febre, a primeira vez que pegou um objeto, o primeiro choro de dor, a primeira gargalhada. Esse primeiro ano dela será o ano de muitos “primeiros”. É o nascer e o desenvolver dela, e o meu como mãe. É o desabrochar de algo que nunca imaginei que sempre esteve dentro de mim. O ser mãe. Não é algo que a gente aprende. É algo que a gente sente e quando vê, já fez. E vem do coração.

Viu só como a Clara me inspira? ♡

Ela mudou todos os aspectos da minha vida. E mudou pra melhor. Taí, mais um clichê. Hoje, eu atravesso a rua com muito mais cautela, pensando nela. Hoje, eu penso no que vou comer por ela. E não pense você que sempre fui aquela myga-sua-loka-que-tava-doida-pra-ser-mãe. Não mesmo. Protelei (muitos) bons anos, quis curtir muito a vida sem filhos com Daniel e o tempo só pra mim. Foi bom demais. Mas, ter a Clara é mil vezes melhor!

Portanto, se você está lendo isso e não tem filhos, em verdade te digo: aproveita a vida como ela está, mas não deixe de ser mãe. É clichê, é maravilhoso, mas você só vai saber e entender mesmo quando experimentar.

Para você começar a vislumbrar o que estou querendo dizer, assista esse vídeo que é um comercial, na verdade. Talvez ele não tivesse me tocado tanto se eu não fosse mãe. O meu desejo é que ele te inspire a ser mais do que você é sozinha. (Pena que só tem legenda em inglês. Clica na parte inferior esquerda para ativá-la.)

Sim, tem sido um ano muito difícil, mas é o melhor da minha vida. Meu primeiro ano como mãe! Desejando desde já um Feliz Dia das Mães e um Feliz Primeiro Aniversário de Mãe para todas nós (na verdade, eu só completo em novembro), que começamos essa vida louca e maravilhosa nesse ano!

{Fotos: Inspire Blog}