Escolha a forma de visualização:

Dois bebês em casa

Awww… Eu estou pensando seriamente em emendar uma gestação na outra, só pra ter dois bebês! Pensa só que coisa boa! Os dois irmãos crescem juntos, passam pelas mesmas fases… Um usa as roupinhas que não cabem mais no outro… Se tornam super companheiros!

Minha mãe foi bastante corajosa (ou inocente, achando que no período de amamentação não daria pra pegar barriga, hehehe! Não sei, não…). Paulinha nasceu quando eu tinha apenas 1 ano e 2 meses… Ela teve trabalho dobrado por um bom tempo, nesse período, vamos combinar. Mas, hoje, essa nossa diferença de idade é quase imperceptível e Paulinha é minha melhor amiga. Não tenho uma memória de infância em que ela não estivesse ao meu lado!

Queria ouvir as experiências e as opiniões de vocês sobre isso! Vocês acham que devemos seguir as recomendações médicas (o ideal é dar um intervalo de 2 anos para partir para outra gravidez), ou seguir o coração? 😉

Bjks, minhas flores!

Ju + Julia

Foto: Raye Law Photography
estilo
tipo de evento
cores
Inspirou? Compartilhe e colecione!
Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on Pinterest
Comentários 45

Amor de Fornecedor: Pinguinho e Bolacha

Olá, minhas lindas!

Vocês sabem que agora sou uma pessoa que carrega outra na barriga! Hehehe! =) E como toda boa grávida, não vejo a hora de segurar meu bebezinho (a Julia, lembra? Te contei aqui…) nos braços. E encher ela de mimos e presentes… Ai, fico louca com os vestidinhos, com a decoração para o quartinho dela! E já estou pensando nas lembrancinhas de maternidade, nos detalhes do chá de bebê… Suspiros…

Foi quando descobri a Pinguinho e Bolacha, empresa da Andrea. Ela faz coisinhas lindas em biscuit! Desde lembrancinhas até enfeites de maternidade… Tudo tão delicado! Me apaixonei por esses mimos…

Sendo assim, pedi que a Andrea nos contasse um pouquinho da sua história:

“Sou mãe do André de 4 anos, o Pinguinho. Ele nasceu pré-maturo e era um pinguinho de gente de tão pequenininho.  E do Vitor 1 ano,  o Bolacha,  que também nasceu pré-maturo, mas ele era o mais gordinho e rechonchudo da UTI Neo-Natal. Nesta última gravidez, tudo foi mais complicado desde os repousos na gestação até a saída do Vitor do hospital, então decidi deixar meu trabalho e cuidar bem de pertinho deles. Foi a melhor coisa que eu fiz, estamos sempre juntos e consegui voltar a me dedicar aos trabalhos manuais que eu adoro. Não tinha como não pensar em bebês nesta minha fase da vida, então comecei a fazer quadrinhos de maternidade, lembrancinhas e assim foram aparecendo novas encomendas, novos trabalhos. Adoro fazer com muito cuidado, cada detalhe de cada casaquinho e sapatinho dos quadrinhos de maternidade, tudo tem que ser muito delicado e com capricho para o novo bebê que vai nascer. Eles merecem todo este carinho.”

Ah… Está explicado o segredo que faz com que os mimos do Pinguinho e Bolacha sejam tão especiais. A Andrea é mãe e entende bem o coração de outra mãe…

Não deixe de conhecer as coisas lindas que a Andrea prepara! Clique no banner do Pinguinho e Bolacha aqui ao lado, na barra lateral do nosso blog, para dar um pulinho no blog dela.

Bjks para todas! :*

Ju+ Julia

{Fotos Pinguinho e Bolacha}
estilo
tipo de evento
cores
Inspirou? Compartilhe e colecione!
Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on Pinterest
Um Comentário
Postado por na categoria Bebê, Grávida e Bebê, Mom & Kids

É uma menina!

Flores do meu jardim!

Quem nos acompanha pelo Twitter, ficou sabendo em primeira mão… Estamos por aqui, bobas, bobas, com a Julia na minha barriga… Mais uma menina para o nosso time!!!

Via On to Baby

No dia em que fizemos a ultra, aproveitamos para fazer um dos nossos programas de mulherzinha… Fomos a um antiquário, garimpar móveis para a casa nova. Depois, demos uma passadinha em um café, que fica dentro de uma livraria gostosa do Jardim Botânico. E enquanto, estávamos lá sentadas, desfrutando dos nossos pasteizinhos de forno, percebemos que não éramos mais três. Agora, éramos quatro. Quatro melhores amigas. Nós sorrimos um sorriso cúmplice.  E desde então, esse sorriso não deixou mais o nosso rosto.

Quem também está bobo, bobo, é o Wagner. O Wagner sempre quis uma menina. E sempre quis uma filha Julia, antes mesmo de casar comigo. E Deus nos deu esse presente, sem medida! Nossa Julia.

Por que Julia é um nome tão perfeito?

Primeiro, porque o Wagner ama esse nome… E eu passei a amar também.

Segundo, porque só conhecemos Julias legais! Hehehe! =)

Terceiro, porque seu significado é muito bacana: “cheia de juventude” ou “cheia de energia”.

Quarto, porque esse nome até aparece na Bíblia, acredita? Meu livro de cabeceira, que quero ensinar à Julia a valorizar também. Detalhe interessante… Está lá em Romanos 16:15.

Quinto, e não menos importante… Porque Julia é título de uma das músicas dos Beatles, minha gente! Uma das minhas favoritas! É claro que isso é fundamental para uma pessoa beatlemaníaca como eu, ora…

Deixo vocês, com a “música tema” da nossa menina… Julia, de John Lennon! Linda poesia, em notas cheias de graça.

estilo
tipo de evento
cores
Inspirou? Compartilhe e colecione!
Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on Pinterest
Comentários 24