Vocês lembram que, na semana passada, (finalmente) mostrei para vocês as fotos do primeiro ano da minha bebê, a Julia (Reveja aqui.)? Pois é… Como recebi muitos emails, pedindo informações sobre como fazer esses registros, aqui vão 10 dicas para quem quiser documentar o crescimento de seu bebê, mês a mês. bebe julia meses mfvc 3

1. Você pode e deve fazer em casa – a graça é essa mesmo. Registrar seu bebê em um ambiente familiar, em que ele se sinta confortável.

2. Não tente fazer sozinha – escale um familiar para ajudá-la (o pai, a tia, a avó…). Quase todas essas fotos fiz, com a ajuda do Wagner, meu maridinho lindo! Isso é ainda mais necessário, à medida que o bebê vai crescendo. Daí, começa a querer pular da poltrona, sair engatinhando, depois correndo… E como fazer para segurar um bebê fujão, sem as palhaçadas providenciais de um assistente recreador, munido de um iPhone com a Galinha Pintadinha?

3. Faça as fotos sempre no mesmo lugar – para essas fotos, eu usei a poltrona de amamentação, mas você pode fazê-las no sofá, na cama, ou onde mais quiser.

4. Tente fotografar o bebê de dia, no mesmo horário e em um ambiente com farta luz natural – a luz nas fotos é tudo. Você pode até corrigir uma iluminação insuficiente depois, ao editar uma foto. Mas, com luz natural, o resultado é sempre melhor.

5. Procure fotografar sempre de um mesmo ângulo e de uma mesma distância – esse foi um dos meus erros. Só me dei conta depois… Mas, isso é fundamental para que tenhamos uma boa idéia da evolução e do crescimento do bebê.

6. Eleja um objeto para acompanhar o bebê em todas as fotos – assim, você tem ainda melhor idéia do quanto ele cresceu. Eu bobeei… Esqueci de fazer isso, desde o começo.

7. Não force o bebê – não tente colocá-lo sentado antes do tempo, por exemplo, e seja rápida. Bebês se cansam rapidamente e logo se entediam com a brincadeira. Se o bebê estiver enjoadinho, tente mais tarde, ou outro dia. Esse deve ser um momento prazeroso para vocês.

8. Mais importante do que a máquina que você vai usar, é conhecer as funções que ela oferece e tentar ajustá-la para explorar melhor os seus recursos. A máquina que eu usei foi uma semi profissional da Sony.

9. Vale a pena tentar aprender a usar alguns programas de edição de fotos, para dar um tratamento especial às suas imagens. Eu usei o Lightroom. Você encontra tutoriais bem simples para aprender a usá-lo, na Internet.

10. Você pode fazer colagens com as fotos, usando o Photoshop, ou Corel Draw. Mas, essas aqui do blog, eu fiz no PicMonkey, um site gratuito de edição na Internet.

Você também já fotografou seu bebê, assim? Tem mais alguma dica para compartilhar? Olha, quem se animar, depois, não deixa de vir mostrar para a gente as fotos do seu bebê, combinado? Beijocas!

Fotos e colagem: Minha Filha Vai Casar